Resoluções 2020?

Resoluções 2020 – como faço para conseguir cumprir

Todos os anos é a mesma história. O começo do novo ano é para muitos o momento de definir novos objectivos para cumprir. Mas… quantas vezes conseguiu de facto manter a sua palavra? Quaisquer que sejam as suas resoluções, elas só serão concretizadas se tiver a motivação certa, caso contrário será apenas mais uma promessa em vão.

Ter uma alimentação mais saudável, poupar mais dinheiro, perder peso… tudo isto, aliado aos habituais desejos de paz, amor, felicidade… E até é suposto serem 12, não é? Para acompanhar as uvas passas que ninguém gosta. Eu cá tenho uma teoria que pedir desejos com passas não é um bom princípio. Mais vale as uvas rechonchudas que fiar-me em algo por si só já murcho…

 

Ano novo, vida nova?

Ano novo, vida nova… Mas não é bem assim. A dia 6 já ninguém quer saber. Lá porque se mudaram os tempos, não quer dizer que se mudem as vontades. Parte do fracasso das resoluções é assumir que só porque mudou o ano seremos pessoas completamente diferentes. Há que começar pequenino e abandonar ideias utópicas de, por exemplo, correr uma maratona, quando talvez nunca correu sequer 100 metros.

 

Há que ter estratégia

Decidir o dia 1 para mudar doze coisas em nós, não é grande estratégia… Logo à meia-noite já estamos a estragar tudo. É uma noite de excessos. Na manhã seguinte só há energia para mudar da cama para o sofá. E lá se foi todo um ano!

A estratégia mais acertada, ou que pelo menos tem funcionado melhor para mim, é simplesmente espalhar as resoluções para todo o ano. Faz sentido, não? São 12 resoluções, e 12 meses. Na verdade, as resoluções de ano novo não passam de novos hábitos que queremos ter ou perder, portanto é só aplicar a regra dos 21 dias.

 

Como fazer?

Tão simples quanto escrever as 12 resoluções e depois dividi-las pelos 12 meses. Seja inteligente e favorável a si mesmo quando o faz. Por exemplo, escolha o mês mais pequeno para se focar naquela resolução que acha que será a mais difícil. Ou evite escolher um mês que sabe que há partida chove muito, se quiser correr ao ar livre todos os dias… Assim não pode usar essa desculpa! Quer poupar dinheiro e evitar jantar fora? Então pense qual é o mês mais parado no seu calendário em termos de aniversários. É fácil. Assim, a cada mês foca-se apenas em conseguir superar aquele desafio específico.

No mês seguinte sentirá menos tentação e verá que há hábitos que ficam de vez. Com o passar do tempo vai sentir uma sensação de realização pessoal incrível, e isto é a melhor motivação que precisa: saber que consegue!

 

Resulta?

Tem que se comprometer consigo mesmo. Não precisa dizer a ninguém quais são os seus planos. Mas se ajudar, convide o seu amigo ou parceiro para partilhar as resoluções. Assim, um pode sempre motivar o outro a não desistir, quanto mais não seja pelo desafio.

Sobre os resultados, depende de si e do seu foco. Já consegui mudar vários dos meus hábitos, mas estaria a mentir se disser que todos os anos mudo 12 coisas. Portanto, aliada há estratégia, há a perseverança, porque se quiser mesmo mudar algo, pode ser este ano ou no próximo. Sem pressões, it’s ohkey!

Deixe o seu comentário